Redes Sociais

Artigo

SÉRIE | Dez falácias sobre o Conservadorismo — “São xenófobos” (9)

Antonio Nunes Barbosa Filho

Publicado

em

Continuação da SÉRIE | Dez falácias sobre o Conservadorismo “São fanáticos religiosos” (1); “São contra a evolução, contra as inovações” (2),“São patrimonialistas” (3), “Nazistas e fascistas eram conservadores” (4),“São demofóbicos” (5), “São homofóbicos” (6),“São misóginos” (7),“São racistas” (8)

9) Nona falácia – Que somos xenófobos: Eita mundo grande sem porteiras… O buscar por novas oportunidades, melhores condições de vida para si e os seus descendentes sempre fez parte da história da humanidade, pelo que jamais deixarão de existir migrações.

Assim como muitos dos animais sobre a face da terra, no ar ou sob as águas, somos seres migrantes. É instintivo! Ora, e embora nas migrações animais exista um ir e voltar entre locais muito mais frequente do que entre os seres humanos, estes bem sabem que precisam se adaptar a estas localidades, que é preciso preservá-las, posto que fundamentais para a sua sobrevivência.

Migrantes são minorias, que, em regra, se destinam a localidades outras para aproveitar as oportunidades limitadas ou inexistentes em seus rincões de origem. O que se busca evitar é a imposição de costumes ou de valores advindos com estes, em substituição ou pela destruição daqueles anteriormente existentes.

Migrar já imbuído deste pensar não é adaptar-se, integrar-se, mas a busca deliberada de excluir o outro, de negar-lhe o respeito aos direitos que anseia em encontrar e exige para si, justamente quando negará aos demais quando passar a ser grupo dominante. Nada mais é do que uma usurpação territorial, das pátrias.

Conservadores acolhem e colaboram com todos aqueles que querem construir uma pátria comum mais forte e melhor para todos. Contudo, jamais permitirão ser alijados de sua própria pátria, que defenderão com a própria vida.

Continua…

SÉRIE | Dez falácias sobre o Conservadorismo“São fanáticos religiosos” (1); “São contra a evolução, contra as inovações” (2),“São patrimonialistas” (3), “Nazistas e fascistas eram conservadores” (4),“São demofóbicos” (5), “São homofóbicos” (6),“São misóginos” (7),“São racistas” (8); “São xenófobos” (9),“São covardes e violentos” (10)

Essa série foi publicada pelo colunista Antonio Nunes Barbosa Filho originalmente no site do Movimento Docentes Pela Liberdade (DPL).

Engenheiro por formação, professor universitário por vocação e escritor por paixão, Nunes é autor de livros técnicos e infantis. Premiado como contista pela Academia Pernambucana de Letras.

alan correa criação de sites