Redes Sociais

Artigo

SÉRIE | Dez falácias sobre o Conservadorismo — “São demofóbicos” (5)

Antonio Nunes Barbosa Filho

Publicado

em

Continuação da SÉRIE | Dez falácias sobre o Conservadorismo“São fanáticos religiosos” (1); “São contra a evolução, contra as inovações” (2),“São patrimonialistas” (3), “Nazistas e fascistas eram conservadores” (4)

5) Quinta falácia: Que somos demofóbicos, portanto, contra o povo!

Ora, ora… ser contra o povo, ter aversão ao povo, seria o mesmo que admitir, ainda que imaginariamente, estar fora deste, não se incluir nesta categoria e pôr-se em condição de antagonismo, o que exigiria para a sua manutenção e perpetuação assumir posição acima deste. Por princípios religiosos ou dos valores democráticos herdados, aos quais já nos referimos ainda quando dissertamos acerca da primeira falácia, conservadores legítimos jamais poderão assumir esta posição, posto ser contra tudo o que os constitui como indivíduos participantes de qualquer coletividade.

Existe e paira acima dos conservadores um sistema de coordenação de pensar que os impele a agir de modo permanente segundo este e jamais se afastar deste, o que também já foi explicitado. Exemplos não faltam de que são justamente aqueles que têm inclinações e percepções de ideário destoantes dos conservadores, quando detentores do poder estatal, em suas distintas esferas, que impõem ao povo distanciamento, repressão e o abandono à própria sorte, uma vez que a busca pelo poder por integrantes deste grupo se dá, não pelo interesse da satisfação das necessidades populares, mas, tão-somente, de si próprios e daqueles que, em troca de migalhas da fartura e dos privilégios obtidos ilegalmente por acesso ao poder e aos cofres públicos, se lançam em defesa do indefensável. Em razão disso, defendem um estado imenso, capaz de fornece-lhes benesses que de outra forma, em geral, não estariam aptos a obter.

Continua…

SÉRIE | Dez falácias sobre o Conservadorismo“São fanáticos religiosos” (1); “São contra a evolução, contra as inovações” (2),“São patrimonialistas” (3), “Nazistas e fascistas eram conservadores” (4),“São demofóbicos” (5), “São homofóbicos” (6),“São misóginos” (7),“São racistas” (8); “São xenófobos” (9),“São covardes e violentos” (10)

Essa série foi publicada pelo colunista Antonio Nunes Barbosa Filho originalmente no site do Movimento Docentes Pela Liberdade (DPL).

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Engenheiro por formação, professor universitário por vocação e escritor por paixão, Nunes é autor de livros técnicos e infantis. Premiado como contista pela Academia Pernambucana de Letras.

alan correa criação de sites