Redes Sociais

Últimas

Ataque à sinagoga alemã foi transmitido por terrorista ao vivo por 35 minutos

Thaís Garcia

Publicado

em

Ataque à sinagoga alemã foi transmitido por terrorista ao vivo por 35 minutos 20
Imagem: Reprodução/Twitch

O ataque a uma sinagoga em Halle, na Alemanha, foi transmitido ao vivo por 35 minutos na plataforma de vídeos Twitch. As imagens foram vistas por milhares de pessoas, antes que a plataforma de streaming as descobrisse depois de meia hora e as removesse.

Duas pessoas foram mortas no ataque na cidade alemã. A polícia assume que foi um ataque terrorista antissemita.

O terrorista iniciou o vídeo se apresentando como “Anon”, querendo dizer “usuário anônimo”. No vídeo, ele diz que os judeus são a causa de muitos problemas no mundo. Ele também negou que o Holocausto já tivesse acontecido.

As imagens mostram que ele tinha uma quantidade enorme de armas.

Há dois meses,o terrorista do ataque abriu sua conta no Twitch e tentou transmitir um vídeo apenas uma vez, informou o Twitch.

No Twitter, a plataforma Twitch comunicou:

“O Twitch tem uma política de tolerância zero contra conduta odiosa; e qualquer ato de violência é extremamente sério. Trabalhamos com urgência para remover esse conteúdo e suspender permanentemente todas as contas que postam ou repassam conteúdo ou esse ato repugnante. Esta conta foi criada cerca de dois meses antes da transmissão e tentou transmitir somente uma vez antes. Depois que o vídeo foi removido, compartilhamos o ocorrido com um consórcio do setor para ajudar a impedir a proliferação desse conteúdo. Levamos isso muito a sério e estamos comprometidos em trabalhar com colegas do setor, policiais e quaisquer partes relevantes para proteger nossa comunidade.”

A polícia ainda está à procura de mais suspeitos e disse aos cidadãos locais para permanecerem dentro de casa. Uma pessoa foi detida. Mas ainda não se sabe se ele agiu sozinho ou se outras pessoas estão envolvidas no ataque. O canal de televisão alemão Welt informou que um outro criminoso teria escapado. Eles teriam roubado um táxi juntos e causado um acidente.

Medidas de proteção
Segundo o WELT, os terroristas tentaram entrar na sinagoga, mas não conseguiram devido à medidas de segurança tomadas pelos membros. Após uma tentativa frustrada de violar a porta, eles abriram fogo com armas automáticas na porta e janela.

Ataque à sinagoga alemã foi transmitido por terrorista ao vivo por 35 minutos 21

Porta da sinagoga em Halle, na Alemanha.

Se as medidas de segurança da sinagoga não tivessem sido realizadas, o evento provavelmente se transformaria em um massacre.

O ataque ocorreu quando a comunidade judaica da cidade comemorava o dia mais sagrado do calendário judaico, o Yom Kipur.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

3 Comentários

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites