Redes Sociais

Alemanha

Dois mortos em ataque terrorista em sinagoga na Alemanha, durante a comemoração do Yom Kipur

Thaís Garcia

Publicado

em

Dois mortos em ataque terrorista em sinagoga na Alemanha, durante a comemoração do Yom Kipur 20
Imagem: Reprodução/Twitter

Em Halle, uma cidade no leste da Alemanha, ocorreu um ataque terrorista em uma sinagoga, deixando dois mortos. O ataque ocorreu nesta tarde de quarta-feira (9), no distrito de Paulus, informou o WELT.

Uma testemunha ocular disse que por volta do meio-dia um homem mascarado, em roupas militares e um capacete, se aproximou de uma lanchonete de kebab.

“Ele estava armado. Ele queria arremessar um explosivo na lanchonete, mas ao lançar,  já explodiu do lado de fora, aos pés de uma mulher que passava. Então, ele disparou contra a lanchonete de kebab. Os presentes fugiram em todas as direções”, disse a testemunha.

De acordo com a testemunha e morador do bairro, entre os mortos está uma mulher. O terrorista estava armado com uma metralhadora. Ele também arremessou uma granada no cemitério de judeus, ao lado da sinagoga.

A polícia ainda está à procura de suspeitos e disse aos cidadãos locais para permanecerem dentro de casa. Uma pessoa foi detida. Mas ainda não se sabe se ele agiu sozinho ou se outras pessoas estão envolvidas no ataque. O canal de televisão alemão Welt informou que um outro criminoso teria escapado. Eles teriam roubado um táxi juntos e causado um acidente.

Segundo o WELT, os terroristas tentaram entrar na sinagoga, mas não conseguiram devido à medidas de segurança tomadas pelos membros. Após uma tentativa frustrada de violar a porta, eles abriram fogo com armas automáticas na porta e janela.

Se as medidas de segurança da sinagoga não tivessem sido realizadas, o evento provavelmente se transformaria em um massacre.

O ataque ocorreu quando a comunidade judaica da cidade comemorava o dia mais sagrado do calendário judaico, o Yom Kipur.

As primeiras imagens do atirador chegaram via Twitter. É possível ver como um homem sai de um carro e começa a atirar ao seu redor.

Segurança extra em Dresden
Devido ao ataque em Halle, a sinagoga e o cemitério judeu em Dresden, a 150 Km de distância, receberam segurança extra.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites