Redes Sociais

Mundo

Parentes das vítimas de avião ucraniano abatido processam Irã e Aiatolá Khamenei

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Reprodução

Advogados canadenses estão iniciando uma ação contra o Irã em nome de parentes das vítimas do avião de passageiros recentemente abatido. Os advogados querem uma compensação de pelo menos 1,5 bilhão de dólares canadenses (4,7 bilhões de reais).

Os advogados nomeiam o Irã, o homem mais poderoso do país – o aiatolá Ali Khamenei – a Guarda Revolucionária e outros como réus.

A identidade dos parentes das vítimas e do promotor permanece desconhecida, de modo que as famílias iranianas permaneçam protegidas do regime islâmico de Teerã, relataram os advogados.

A aeronave da Ukraine International Airlines foi abatida em 8 de janeiro, logo após decolar em Teerã por dois foguetes iranianos.

Todos os 176 passageiros foram mortos, incluindo 57 canadenses. As autoridades iranianas admitiram depois de alguns dias que o avião de passageiros havia sido “acidentalmente” abatido.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Parceiros

alan correa criação de sites