Redes Sociais

Urgente

Adélio Bispo, homem que esfaqueou Bolsonaro, é absolvido pela Justiça

Marcos Rocha

Publicado

em

Adélio Bispo, homem que esfaqueou Bolsonaro, é absolvido pela Justiça 21

Nesta sexta-feira (14), o juiz federal Bruno Savino expediu sentença absolvendo Adélio Bispo de Oliveira, homem que tentou assassinar Jair Messias Bolsonaro em setembro de 2018, durante a campanha eleitoral.

O magistrado aplicou a figura jurídica da “absolvição imprópria”, na qual uma pessoa não pode ser condenada a prisão.

No caso de Adélio, restou decidido que ele deve ser considerado inimputável, ou seja, não deve sofrer punição por possuir doença mental.

“Converto a prisão preventiva em medida cautelar de internação provisória. Determino que o réu seja mantido custodiado na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande/MS”, fundamentou.

O juiz também assegurou que o ex-filiado do PSOL será submetido a perícia médica daqui a três anos.

O ATENTADO

Adélio foi preso no dia 6 de setembro de 2018 após esfaquear o então candidato à Presidência.

Bolsonaro participava de um ato político em Juiz de Fora/MG e sofreu a facada quando estava sendo carregado nos ombros por manifestantes no meio da multidão.

O presidente passou por 3 cirurgias após o atentado. 

 


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites