Redes Sociais

Urgente

Homem é espancado até a morte pela população após estuprar e matar enteada

Davy Albuquerque

Publicado

em

Homem é espancado até a morte pela população após estuprar e matar enteada 20

Na noite desta sexta-feira (16), a polícia encontrou o corpo do homem que estuprou e matou a enteada de 13 anos, em Igarassu, município de Pernambuco.

Depois de estuprar e assassinar a criança, Isaías Bezerra da Silva, de 38 anos, se escondeu em Itapissuma, mas foi encontrado e agredido pela população indignada com o ato execrável do estuprador.

De acordo com o comandante do 17° Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Marcos Ramalho, Isaías chegou a ser levado ao Hospital, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu.

Entenda o caso

Maína Maria Marcolino de Lima, de 13 anos, foi encontrada morta no fim da tarde da quarta (14), na Zona Rural de Igarassu. A jovem estava desaparecida desde a segunda (12) e foi vista pela última vez com o padrasto, Isaías Bezerra da Silva.

Preocupados com o desaparecimento da garota, moradores do Loteamento Bela Vista, em Igarassu, se mobilizaram para encontrá-la. Na quarta (14), viram o corpo da jovem despido e com os pés amarrados dentro de um poço próximo à casa do padrasto da garota. Para a polícia, o homem era o principal suspeito do assassinato da garota.

Nesta sexta (16), a Polícia Civil divulgou uma foto do homem para que a população pudesse ajudar nas buscas. De acordo com o delegado David Medeiros, responsável pela investigação, Isaías era o responsável pelo crime.

Segundo as investigações,o padrasto teria estuprado e matado a enteada antes de esconder o corpo da garota dentro de um poço.

Isaías já tinha passagem pela polícia e havia sido preso em 2010, após praticar um assalto.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites