Redes Sociais

Brasil

Witzel afirma que Flavio Bolsonaro já deveria estar preso

Tiago Netto

Publicado

em

José Cruz | Agência Brasil

Em pronunciamento coletivo nesta terça-feira (26), governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), afirmou que vem sendo alvo de perseguição política, mas que está com a consciência tranquila.

De acordo com o chefe do Executivo fluminense, outros governadores serão alvos de investigação por serem contra a visão do presidente Jair Bolsonaro. Witzel também afirmou que o senador Flavio Bolsonaro já deveria estar preso, por causa das investigações contra ele.

“Na família do presidente, a PF engaveta inquéritos, vaza informações. O senador Flavio Bolsonaro, com todas as provas que temos contra ele e que estão sendo apresentadas, dinheiro em espécie depositado em contas, lavagem de dinheiro, bens justificáveis. O senador Flavio Bolsonaro deveria estar preso”, declarou.

Na manhã desta terça-feira (26), conforme já noticiado pelo Conexão Política, Witzel, sua esposa, o ex-secretário de Saúde do estado e a empresa Iabas foram alvos de uma operação da Polícia Federal autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites