Redes Sociais

Europa

União Europeia usará drones israelenses para proteção de fronteira

Thaís Garcia

Publicado

em

Israel Aerospace Industries

A Israel Aerospace Industries (IAI) e sua parceira Airbus DS Airborne Solutions, uma subsidiária da Airbus, ganharam uma licitação que permitirá que a Frontex da UE use o veículo aéreo não-tripulado (UAV) Heron e sistemas associados sob um contrato de arrendamento para conduzir patrulhas navais e missões de proteção. A EU Frontex é a agência europeia da Guarda Costeira e de Fronteiras.

O acordo assinado inclui a prestação de serviços de patrulha marítima, equipamento de voo e manutenção durante cerca de quatro anos em vários países europeu como na Grécia, Itália ou Malta.

O negócio de dezenas de milhões de dólares é mais uma expressão de confiança nas capacidades do UAV Heron, que foram comprovadas em um experimento em Creta em 2018, e em muitas atividades operacionais das Forças de Defesa de Israel (IDF) e outras operações por todo o mundo.

Os voos serão operados no espaço aéreo civil europeu, sob um indicativo de chamada e procedimentos de voo civil, sem qualquer envolvimento e controle militar.

Os UAVs Heron a serviço da Frontex serão equipados com um sensor eletro-óptico para visão diurna e noturna e um radar de patrulha marítima. O sistema é utilizado em LOS (Line Of Sight ou linha de visada) e comunicações por satélite (SATCOM), o que permite aumentar sua autonomia de voo e voos de baixa altitude sobre o mar e fornecer uma imagem de inteligência atualizada e precisa em tempo real.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites