Redes Sociais

Últimas

TSE suspende propaganda de Haddad sobre coronel Ustra e tortura

Marcos Rocha

Publicado

em

TSE suspende propaganda de Haddad sobre coronel Ustra e tortura 19

O ministro do TSE (Superior Tribunal Eleitoral), Luís Felipe Salomão, atendeu a um pedido da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) e suspendeu nesta quarta-feira (24), a veiculação de uma inserção do PT sobre a ditadura militar o coronel Carlos Alberto Ustra.

Para Salomão, a peça publicitária “ultrapassou os limites da razoabilidade e infringiu a legislação eleitoral”. O ministro fixou uma multa de R$ 50 mil caso a coligação de Haddad descumpra a decisão judicial.

A inserção de Haddad afirma que a ditadura militar “torturou e matou milhares de brasileiros” e que o “Coronel Brilhante Ustra foi um sanguinário ditador”. A peça também usa uma fala de Bolsonaro afirmando, há cerca de 20 anos, que é “favorável à tortura” e sustenta que o coronel é ídolo do candidato do PSL.

Leia a íntegra da decisão judicial clicando AQUI.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites