Redes Sociais

EUA

Trump determina reabertura de igrejas neste final de semana e ameaça passar por cima de governadores caso não autorizem serviços religiosos

Guilherme L. Campos

Publicado

em

O presidente Donald Trump anunciou na tarde desta sexta-feira (22) em uma rápida aparição não programada na sala de imprensa da Casa Branca que as novas orientações do Centro de Controle de Doenças (CDC) classificam as casas de culto religioso como “essenciais”, e determinou aos governadores para permitir que eles abram “agora”.

“Os governadores precisam fazer a coisa certa e permitir que esses importantes locais de fé essenciais sejam abertos agora – neste fim de semana”, disse Trump. “Se não o fizerem, vou passar por cima dos governadores. Na América, precisamos de mais oração, não menos ”, alertou.

Na última quinta-feira, Trump teve uma teleconferência com 1.600 pastores e líderes religiosos de todo o país. Ele assegurou aos presentes que quer reabrir as igrejas.

Trump mencionou em sua fala igrejas, sinagogas e mesquitas.

Após a breve manifestação, Trump deixou a sala de imprensa, dando lugar para a secretária de imprensa e para a doutora Deborah Birx, da força-tarefa da Casa Branca para o coronavírus.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites