Redes Sociais

Colunistas

Trump anuncia medidas para garantir direito à oração em escolas

Guilherme L. Campos

Publicado

em

Divulgação | Conexão Política

O presidente Donald Trump anunciou nesta quinta-feira (16) novas orientações sobre o direito à oração de alunos em escolas de todo o país. A atualização nas orientações, que não ocorria desde 2003, esclarece os requisitos para que os estados reportem ao governo federal queixas ou até ações judiciais contra escolas locais que negam o direito à oração aos alunos.

Ao jornal The Wall Street Journal, Joe Grogan , diretor do Conselho de Política Doméstica, disse que o movimento “continua nossos esforços para garantir que pessoas de fé e organizações religiosas continuem sendo convidadas a participar plenamente da vida cívica”.

Durante um ato de campanha em uma mega-church, no estado da Flórida, Trump disse que não permitirá intimidação da extrema-esquerda.

“Não permitiremos que americanos fiéis sejam intimidados pela extrema esquerda” e anunciou durante o ato que “em breve, tomaremos medidas para salvaguardar os direitos que a Primeira Emenda garante aos alunos e professores de orar em nossas escolas. Estamos fazendo uma grande ação. “

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites