Redes Sociais

Últimas

TRF-2 decide que Adriana Ancelmo deverá voltar à prisão

Davy Albuquerque

Publicado

em

Três dos cinco desembargadores do TRF-2, no Rio, votaram pelo restabelecimento da prisão preventiva para Adriana Ancelmo.

O mandado de prisão será expedido ainda hoje por determinação dos magistrados.

Desembargadores que votaram pelo retorno à cadeia:
Abel Gomes, Marcello Granado e Paulo Espírito Santo.

Desembargadores que votaram pela permanência da prisão domiciliar:
Simone Schreiber e Ivan Athié.

Adriana está em prisão domiciliar desde 26 de abril, com o argumento de que “precisa cuidar dos filhos”, de 11 e 14 anos.

O Ministério Público Federal pediu a cassação do benefício por acreditar que Adriana exerce posição de destaque na organização criminosa de Sérgio Cabral.

Nasci no estado do Rio de Janeiro. Sou brasileiro com orgulho, cristão por convicção e política por vocação. Colunista político do Conexão Política.