Redes Sociais

Brasil

STJ nega pedido da UNE para adiar Enem

Tiago Netto

Publicado

em

Agência Brasil

O ministro Gurgel de Faria, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), negou hoje (13) um pedido feito por entidades estudantis que queriam o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

A ação foi impetrada na última segunda-feira (11) pela UNE (União Nacional dos Estudantes) e pela UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas). O magistrado rejeitou o pedido liminarmente. As entidades estudantis ainda podem recorrer ao plenário da Corte.

Segundo o portal Uol, a assessoria de imprensa do STJ disse que o ministro tomou sua decisão com base em dois argumentos: Faria avaliou que, além de os editais do Enem 2020 não terem sido anexados ao pedido, não cabe ao STJ analisar atos que cabem ao presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão do MEC (Ministério da Educação) responsável pelo Enem.

Hoje mais cedo, ao sair do Palácio da Alvorada, o presidente Bolsonaro informou que conversaria com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre uma hipótese de adiar o Enem, mas ressaltou que o exame será realizado ainda em 2020.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites