Redes Sociais

Brasil

Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Fabrício Queiroz

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro foi preso no âmbito da operação Anjo, em 18 de junho.

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução | SBT

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio Noronha, concedeu prisão domiciliar ao ex-assessor Fabrício Queiroz, na tarde desta quinta-feira (8).

Noronha atendeu ao pedido feito pela defesa, que baseou-se na atual situação da pandemia de covid-19.

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro realiza um tratamento oncológico e passou recentemente por uma cirurgia, sendo classificado como grupo de risco.

O ministro também determinou a extensão do benefício à mulher, Márcia de Aguiar, que chegou a ter a prisão decretada, mas não foi encontrada pela polícia durante o cumprimento dos mandados.

Queiroz foi preso no âmbito da operação Anjo, em 18 de junho. Márcia segue foragida.

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites