Redes Sociais

Europa

Sociedade Bíblica Dinamarquesa publica “nova Bíblia” que elimina referências a Israel e ao povo israelita

Todas as referências a Israel, exceto uma, foram eliminadas em mais de 60 citações

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Reprodução/ Youtube screenshot

A Sociedade Bíblica Dinamarquesa publicou uma “nova Bíblia” que não inclui a palavra ‘Israel’, e nem faz referência à Terra Santa ou aos israelitas. ‘Israel’ foi substituído por ‘judeus’ ou completamente apagado na “nova versão”. A agenda é apresentar judeus como apátridas.

O apátria é o indivíduo que não é titular de qualquer nacionalidade, ou seja, é uma pessoa que não é considerado nacional por qualquer Estado.

A Sociedade Bíblica Dinamarquesa eliminou do Novo Testamento todas as referências a Israel, mas deixou os nomes de outras nações.

Segundo uma matéria do 24NYT, a nova “Bíblia 2020”, divulgada pela Sociedade Bíblica Dinamarquesa, removeu todas as referências a “Israel”, exceto uma, eliminando o nome em mais de 60 citações.

Com uma exceção, cada uso da palavra “Israel”, seja em referência à Terra de Israel ou ao povo de Israel, foi substituída pela palavra “Judeus” – nos casos em que o povo de Israel foi referenciado – ou “a Terra dos judeus”. Em alguns casos, a palavra “Israel” foi removida sem nenhum termo alternativo substituído, observou o 24 NYT.

Os tradutores envolvidos na preparação da nova edição disseram que as referências a Israel foram removidas, a fim de distinguir a histórica Terra de Israel com o Estado moderno de Israel.

No entanto, referências a outras nações antigas ou áreas geográficas que compartilham o mesmo nome com Estados modernos – como o Egito – não foram removidas da Bíblia 2020.

 

alan correa criação de sites