Redes Sociais

Brasil

Segundo delegada da PF, primeira-dama do Piauí recebeu ‘vantagem indevida’ em esquema

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução

A delegada da Polícia Federal (PF) Milena Caland afirmou que primeira-dama do Piauí, a deputada federal Rejane Dias (PT), e alguns de seus familiares teriam recebido ‘vantagem indevida’ em um esquema no transporte escolar do estado.

Conforme noticiado pelo Conexão Política, a parlamentar e seu marido, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), foram alvos de buscas nesta segunda-feira (27) na residência do casal e no gabinete da Câmara dos Deputados, em Brasília/DF.

A medida faz parte da terceira fase da Operação Topique, que investiga o desvio de, ao menos, R$ 50 milhões de fundos da educação do Piauí.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites