Redes Sociais

Brasil

Secretário de Saúde de Witzel pede exoneração: “Eu tentei”

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução

Nesta segunda-feira (22), o secretário Estadual de Saúde, Fernando Ferry, anunciou sua demissão do cargo.

Ele estava há pouco mais de 30 dias no comando da pasta, após a exoneração de Edmar Santos.

“Hoje estou pedindo exoneração do meu cargo de secretário de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Queria dizer que eu tentei. Eu agradeço ao governador por ter me dado esta oportunidade de tentar resolver estes graves problemas que estamos vendo na saúde. Eu só queria dizer mais uma coisa: peço desculpas à população. Mas a única coisa que eu tenho a falar: eu tentei. Obrigado e espero que vocês me desculpem”, disse o secretário, em um vídeo  enviado ao programa da TV Globo, Bom Dia Rio.

Segundo informou a Rede Globo, um dos motivos de sua demissão foi a pressão que vinha sofrendo para continuar pagando contratos firmados durante a pandemia que apresentam irregularidades, mesmo que muitos desses estejam sob investigação, e Ferry não concordou.

A emissora só não informou de quem ele sofria essa ‘pressão’.

O novo secretário já foi escolhido e, segundo o governo do Rio, o coronel do Corpo de Bombeiros, Alex da Silva Bousquet, de 43 anos, assume a saúde do estado.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites