Redes Sociais

Últimas

Rosa Weber oferece 15 dias para Bolsonaro dar esclarecimentos em processo movido por Dilma Rousseff

Marcos Rocha

Publicado

em

Arquivo Site Lu Lacerda e Agência Brasil

Nesta segunda-feira (5), a ministra Rosa Weber (Supremo Tribunal Federal) deu um prazo de 15 dias para que o presidente Jair Bolsonaro se manifeste sobre uma declaração que ele deu em maio de 2019, quando afirmou que “quem até pouco tempo ocupava o governo teve em sua história suas mãos manchadas de sangue na luta armada, matando inclusive um capitão”.

A ação foi movida pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que acionou o STF através de uma interpelação judicial.

O prazo de 15 dias começa a ser contado a partir da notificação do presidente, mas ele não possui obrigação de se manifestar perante o Supremo.

Os advogados querem saber se Bolsonaro se referiu à Dilma e se ele quis dizer que Dilma matou o capitão Charles Chander (morto a tiros em São Paulo, em 1968).

Para Dilma, a fala de Bolsonaro mostra “obscuridade” e pode se revelar “danosa à honra” da ex-presidente.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

FALE COMIGO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política | Residente e natural de Campo Grande/MS

alan correa criação de sites