Relator da Lava Jato diz que “indício pode ser prova” contra Lula

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:

No início do voto, o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do processo, não se comoveu com os argumentos da defesa. Ele ainda não proferiu o voto, mas já deu uma dica de que concorda com a condenação do ex-presidente Lula.

Gebran Neto ressaltou que indícios não são provas menores. Eles têm sim valor de prova, se analisados dentro do contexto da investigação. Um dos principais argumentos da defesa é de que a escritura do tríplex não está no nome do petista – e, portanto, não haveria prova de que o imóvel era mesmo dele.

Post anterior

Placar para a condenação de Lula: 1 a 0 contra o petista

Próximo post

Discurso político de Lula não comove relator no TRF-4

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.