Redes Sociais

Últimas

Raquel Dodge aproveita últimos dias de mandato para livrar Maia e Toffoli

Manifestação enviada ao STF causou demissão coletiva de procuradores da Lava Jato que atuavam na PGR.

Marcos Rocha

Publicado

em

Raquel Dodge aproveita últimos dias de mandato para livrar Maia e Toffoli 20
Nelson Jr. | SCO | STF

Seis procuradores que integram o grupo da Operação Lava Jato na PGR (Procuradoria-Geral da República) pediram demissão coletiva na noite desta quarta-feira (4).

Os motivos dizem respeito a uma série de acontecimentos envolvendo a procuradora-geral Raquel Dodge.

Um dos fatos está relacionado ao pedido de arquivamento de trechos da delação do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro.

A delação de Pinheiro compromete o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Em junho, Dodge já havia pedido arquivamento de processo envolvendo Davi Alcolumbre, presidente do Senado Federal.

“Devido a uma grave incompatibilidade de entendimentos dos membros desta equipe com a manifestação enviada pela PGR ao STF na data de ontem (03.09.2019), decidimos solicitar o nosso desligamento do GT Lava Jato e, no caso de Raquel Branquinho, da SFPO. Enviamos o pedido de desligamento na data de hoje (04.09.2019)”, diz trecho da mensagem enviada pelos membros do Ministério Público.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites