Prisão domiciliar de Maluf é negada

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:

O juiz Bruno Aielo Macacari, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, negou a prisão domiciliar para Paulo Maluf.

A defesa de Maluf afirma que o deputado sofre com câncer de próstata e problemas cardíacos. O juiz Bruno Aielo não se comoveu com a carta da defesa e na decisão escreveu:

“Em suma, repisando que a prisão domiciliar humanitária só tem lugar nas estritas hipóteses em que o apenado não possa receber tratamento no interior do presídio, bem como que há prova mais que suficiente que esta não é o caso destes autos, consoante se extrai do contexto fático que atualmente se apresenta, tenho que a rejeição do pedido defensivo é medida que se impõe”

Maluf foi condenado a 248 dias pelo crime de lavagem de dinheiro de cerca de US$ 400 milhões.

Post anterior

Possibilidades do Julgamento de Lula

Próximo post

Para 72% dos brasileiros, a honestidade é prioridade na hora de votar

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.