Redes Sociais

Brasil

Prefeito de BH interrompe flexibilização e determina fechamento do comércio

Tiago Netto

Publicado

em

Imagem: Samerson Gonçalves

A partir desta segunda-feira (29), apenas serviços considerados essenciais poderão funcionar em Belo Horizonte/MG.

O decreto foi anunciado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) na última sexta-feira (26).

A medida se deu pelo fato de, segundo a prefeitura, os casos de internação por covid-19 aumentarem na capital após o início da flexibilização.

“A compreensão de que nós estamos em guerra é o que faltou a muita gente. Quando eu disse que nós estávamos em guerra, vocês estavam aqui. Eu nunca vi fazer churrasco em prédio em guerra. Eu nunca vi correr em guerra”, afirmou Alexandre Kalil.

O prefeito pediu à população que denuncie casos de descumprimento do isolamento.

“Não estamos de férias. Fiquem em casa. Se houver churrasco num condomínio, denuncie, chame a polícia. Humildemente peço à população de BH: vamos respeitar a ciência”, finalizou.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites