Redes Sociais

Últimas

Ação de Damares Alves complica ainda mais situação de Sara Winter

Redação

Publicado

em

Reprodução | Internet

A ministra Damares Alves enviou um ofício ao ministro André Mendonça (Justiça e Segurança Pública) solicitando uma investigação sobre o vazamento dos dados pessoais da garota de 10 anos que foi estuprada pelo tio.

A menina engravidou e foi submetida a um aborto, autorizado por lei, num hospital do Grande Recife.

Ao sustentar a investigação, Damares assegura que a pasta “está acompanhando a grave violação de direitos humanos e violência contra uma criança de 10 anos”.

“Sobre o caso, como amplamente divulgado pela mídia, houve exposição de dados sigilosos sobre a criança, o que fere o Estatuto da Criança e do Adolescente, bem como o Código Penal”, afirma Damares.

Por fim, pede que o Ministro da Justiça “tome as necessárias providências com vistas à elucidação dos fatos”.

As palavras da ministra complicam ainda mais a situação de Sara Winter, que está sendo acusada de ser a responsável por divulgar os dados da garota, no último domingo.

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | [email protected]

alan correa criação de sites