Redes Sociais

Brasil

Polícia Federal deflagra operação contra desvio de recursos públicos no Pará

Tiago Netto

Publicado

em

PF | Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (8), a Operação Magna Dolum com o objetivo de reprimir organização criminosa constituída para fraudar licitações destinadas à execução de obras públicas no Pará. Noventa policiais federais participam da operação.

A ação dos criminosos consistia na utilização de empresas de fachada para a execução das obras contratadas, principalmente nos municípios de Conceição do Araguaia, Santa Maria das Barreiras, além da Secretaria Estadual de Transportes do Pará.

Os reais donos das empresas mantinham frequentes contatos com servidores públicos municipais e estaduais, os quais recebiam vantagens indevidas que vão desde o direcionamento dos certames, passando pela facilitação da fiscalização das obras, até a agilização de pagamentos.

“A investigação contou com interceptações telefônicas e quebra de sigilo bancário, autorizados pela Justiça, e revelou que, das contas bancárias das empresas laranjas, partem transferências de valores para outras pessoas (físicas e jurídicas), sem justificativa aparente, sugerindo-se, assim, a prática de atos para ocultar a verdadeira origem dos recursos (lavagem de dinheiro)”, afirmou a PF em nota.

Na ação, três empresários e um servidor municipal, que não tiveram suas identidades reveladas, foram presos. Outros quatro servidores públicos estaduais e dois municipais foram afastados de seus cargos pela Justiça.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites