Redes Sociais

Brasil

PGR pede investigação de supostas agressões a jornalistas em Brasília

Tiago Netto

Publicado

em

Adriano Machado | Reuters

O procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou ofício à procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Fabiana Costa Oliveira Barreto, nesta segunda-feira (4), pedindo a apuração de supostas agressões sofridas por jornalistas durante ato realizado em Brasília, neste último domingo (3).

Profissionais do jornal Estadão acusaram manifestantes de agressão com chutes, socos e empurrões durante a cobertura das manifestações.

Segundo o Estadão, o fotógrafo Dida Sampaio usava uma pequena escada para fazer o registro das imagens do presidente quando foi empurrado duas vezes por manifestantes, que desferiram contra ele chutes e socos. O jornal afirma que o motorista Marcos Pereira, que apoiava a equipe de reportagem, também foi agredido fisicamente com uma rasteira.

O presidente Jair Bolsonaro condenou as agressões na manhã desta segunda (4) e disse que se as agressões podem ter partido de infiltrados no meio dos manifestantes.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites