Paulo Guedes diz que governo Bolsonaro terá Secretaria de Privatizações

Autor: 1 comentário Compartilhar:
Imagem: Reuters

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta terça-feira (20) que o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), terá uma Secretaria de Privatizações para acelerar o programa de venda de ativos brasileiros.

Ele foi abordado por jornalistas ao chegar ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do gabinete de transição de governo.

A nova área deve começar a atuação em 2019 e deverá ser vinculada diretamente ao super Ministério da Economia que será comandado por Guedes (que reunirá Fazenda, Planejamento e Indústria, Comércio Exterior e Serviços).

Durante a campanha presidencial, o futuro ministro defendeu a necessidade de privatizar estatais e órgãos federais específicos como forma de fazer caixa a fim de reduzir o endividamento público do país. Foram citados os Correios e subsidiárias da Petrobras. 

A intenção do grupo econômico seria colocar a política de venda de ativos no centro das decisões do governo, sinalizando essa ação como uma das prioridades da futura gestão.

O presidente eleito tem afirmado que o processo de privatizações será sustentado em um plano específico e bem definido.

O presidente eleito tem dado respaldo ao plano de privatizações de Guedes, seu “posto Ipiranga”, mas sempre demonstra que tais medidas deverão ser feitas com total responsabilidade.

 

 

Post anterior

Donald Trump planeja comparecer na posse de Jair Bolsonaro, em janeiro

Próximo post

Luiz Henrique Mandetta será ministro da Saúde

Você pode gostar também:

1 comentário

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.