Redes Sociais

Canadá

Parlamento do Canadá fecha por medo de coronavírus

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Reprodução

Membros do parlamento canadense votaram pela suspensão da atividade do parlamento do país por temores da disseminação do coronavírus chinês, apenas um dia depois que o primeiro-ministro Justin Trudeau anunciou seu auto-isolamento, informou a emissora canadense CBC.

A medida ocorre um dia depois que a esposa do primeiro-ministro Trudeau, Sophie Grégoire Trudeau, testou positivo para o coronavírus após uma viagem ao Reino Unido, e o líder canadense anunciou que estaria se isolando e trabalhando em casa.

Todos os partidos no parlamento concordaram por unanimidade nesta sexta-feira (13) em suspender as atividades por mais de um mês, até 20 de abril.

É provável que o orçamento anual do Canadá, que deve ser divulgado no final do mês, também seja adiado.

O Parlamento conseguiu aprovar o projeto C-4 sobre o novo acordo comercial entre o Canadá, os Estados Unidos e o México, mas esse projeto exigirá o consentimento real do Governador-Geral antes de entrar em vigor.

A vice-primeira-ministra, Chrystia Freeland, anunciou na quinta-feira (12) um pacote de estímulo para ajudar a aliviar o impacto econômico do surto de coronavírus, depois de conversar com o primeiro-ministro de Alberta, Jason Kenney, que disse que seriam necessários pelo menos US $ 20 bilhões.

O primeiro-ministro Trudeau disse nesta sexta-feira que seu governo estava pensando em restringir algumas viagens internacionais.

A companhia aérea canadense Air Canada, no entanto, suspendeu todos os voos para a Itália, um dos países com um grande surto de coronavírus, no início da semana.

Enquanto isso, em nível provincial, tanto a Colúmbia Britânica quanto o Quebec alertaram os residentes sobre viagens internacionais e Ontário fechou todas as escolas da província pelas próximas três semanas.

“Como você viu, há recomendações para não viajar para fora do Canadá. Estamos no meio de uma coordenação com os americanos, obviamente, em nossas fronteiras, em nossas ações. Continuaremos avaliando o que podemos fazer e como podemos manter os canadenses em segurança e estaremos abertos a novas ideais”, disse Trudeau em entrevista à Radio-Canada.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites