Paraíso da Tuiuti, que defendeu a CLT, empregou apenas 3 trabalhadores com CLT em 2017

Autor: 11 Comentários Compartilhar:
Imagem: Marcos Michael

O desfile da escola de samba carioca Paraíso do Tuiuti repercutiu na última segunda-feira (12). A escola fez referência aos 130 anos da Lei Áurea e incluiu em seu desfile a ala “Os Guerreiros da CLT” com “trabalhadores que portavam carteiras de trabalho” para criticar a reforma trabalhista e a “exploração” dos trabalhadores; e um carro representando um “navio negreiro com a ala dominante se impondo sobre os trabalhadores” tendo um “vampiro neoliberalista” com a faixa presidencial, numa alusão a Michel Temer que, com o apoio do Congresso, aprovou a Reforma Trabalhista.

Uma consulta feita pelo ILISP aos microdados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho, entretanto, mostra que a escola de samba empregou somente três trabalhadores pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) no ano de 2017, mesmo tendo utilizado dezenas de trabalhadores para preparar fantasias, carros alegóricos e demais componentes do desfile.

Na medida em que o Código e Descrição de Atividade Econômica (CNAE) de escolas de samba é bastante específico (94936) e os dados permitem filtrar contratações feitas por bairro (no caso da Tuiuti, o bairro de São Cristóvão), o ILISP verificou que somente três contratações foram feitas por “organizações associativas ligadas à cultura e à arte” no bairro sede da Paraíso do Tuiuti em todo o ano de 2017.

Duas das contratações ocorreram em maio de 2017: dois jovens aprendizes de 16 e 17 anos de idade foram contratados por 20 horas semanais cada, com prazo determinado e salário de R$ 553,00 mensais. Em outubro de 2017 ocorreu a terceira contratação: um homem de 23 anos de idade e ensino superior completo foi recontratado por 40 horas semanais e salário de R$ 2.618,00 por mês. O número de trabalhadores contratados é certamente insuficiente para preparar um desfile de escola de samba.

Dados do CNPJ da Paraíso da Tuiuti utilizados na pesquisa do ILISP: CNAE (94936) e Bairro (São Cristóvão). Fonte: Receita Federal.
Post anterior

Dom Pedro II. Um líder que nos falta!

Próximo post

“Escola sem partido” pode ser proibida no Brasil

Você pode gostar também:

11 Comentários

  1. Não são as escolas de samba que dizem que vão empregar os brasileiros… são as empresas, que têm fins lucrativos e impulsionaram essa reforma… escolas de samba são meras associações sem fins lucrativos…. essas notícias tendenciosas são para boi dormir e burro aplaudir.

  2. Muito legal…essa representação ficou perfeita, parece um MIX das imagens DILMA/TEMER….o cabelo, sobrancelhas e olhar são evidentemente da Dilma (https://veja.abril.com.br/m… a boca, nariz e formato do rosto do (Temer.https://veja.abril.com.br/blog/rada… DINHEIRO espalhado: :á direita – ao centro e à esquerda…..sensacional….foram pra avenida, do jeito q chegaram à presidência: JUNTOS e MISTURADOS…..https://www.jornaldopais.com.br/bom…… PERFEITO!!! Parabéns…excelente

  3. Interessante, só que o CAGED controla somente os funcionários empregados e desempregados do período. Os que mantêm o contrato regular não são alvos de análise deste sistema.
    Além disso, o sistema também não controla outros regimes de trabalho como os chamados trabalhadores avulsos, autônomos, eventuais, estagiários, cooperados ou cooperativados ou trabalhadores com contrato de trabalho por prazo determinado.
    Na prática, o texto parece tendencioso e mau intencionado para causar um efeito negativo sobre a agremiação, já que ele não alerta sobre estas outras possibilidades.

  4. Acredito que a mensagem transmitida a todo o Brasil por essa escola de samba, é justamente um grito daqueles que tem o entendimento parcial das mudanças que trara a sociedade “futura escravagista”.
    Não curto carnaval, mas às manchetes me chamou a atenção.
    Se alguém puder me explicar quais serão os benefícios que a reforma trabalhista e previdenciária trará, agradeço imensamente.
    Agora tenha plena convicção de que a reforma deveria iniciar com o poder parlamentar, executivo e judiciário.
    Não consigo enter porquê temos que sustentar estes políticos com salario altíssimos, ajuda de custo exorbitante.
    Pagamos um salário moradia para quem possui um prédio, “n” casas de alugueis e o povo tem que sobreviver com um salário mínimo.
    Desculpe minha ignorância, mas não consigo entender……

  5. Essa ilisp comparada pelos políticos corruptos PMDB que mudou pra MDB pensam que o povo é burro DEM do Rodrigo maia PRB do prefeito Marcelo Crivella PP,PSDB, PSB,PTB,esses são os partidos que são contra o povo apoiaram a reforma trabalhista e ágora apóiam a reforma da previdência vamos fica de olhos nesses candidatos desses partido

    1. Então, caged mede apenas contratação e dispensa. Então, a escola não demitiu nenhum dos contratou 2 aprendizes e +1 empregado. Não dá para saber quantos já estavam (e permaneceram) lá.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.