Redes Sociais

Brasil

Padre é acusado de desviar recursos para comprar fazendas e gado

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução

O Ministério Público de Goiás deflagrou, nesta sexta-feira (21), a Operação Vendilhões, que tem como alvo a administração da Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, no estado de Goiás.

A força-tarefa investiga supostos crimes de apropriação indébita, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos, sonegação fiscal e associação criminosa.

Segundo o MP, o padre Robson de Oliveira e outros investigados teriam usado recursos da Associação Filhos do Pai Eterno para a compra de imóveis luxuosos, fazendas e gado.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites