Redes Sociais

Últimas

Onyx Lorenzoni vai à OAB questionar honorários de advogados de agressor de Bolsonaro

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Imagem: Reprodução

O deputado Onyx Lorenzoni e o advogado Adão Paiani protocolaram no Conselho Federal da OAB uma representação contra os advogados de Adélio Bispo de Oliveira, o homem que tentou matar Jair Bolsonaro.

No documento, obtido em primeira mão por O Antagonista, eles alegam que os advogados estão obrigados a informar quem está pagando os honorários da defesa de Oliveira.

“Causa estranheza, perplexidade e fundamentadas dúvidas, não apenas na sociedade, mas no âmbito da própria advocacia, levantando suspeitas sobre a lisura e compatibilidade da atuação dos mesmos”, escrevem.

Eles lembram que Adélio é um homem “alegadamente desempregado, de parcos e inexistentes recursos financeiros”.

“As alegações desencontradas de parte dos referidos advogados, quando questionados sobre a origem dos recursos necessários para o patrocínio da causa, igualmente indicam que os mesmos sequer tiveram tempo de elaborar entre si uma versão comum e razoável.”

Paiani observa que o sigilo de honorários é inerente entre advogado e cliente, mas não se estende a terceiros.

“Entende-se como claro que o sigilo profissional, no caso em comento, restringe-se à relação entre os advogados e seu cliente, não sendo extensivo e oponível ao eventual patrocinador ou patrocinadores dos honorários advocatícios, uma vez que pessoa alheia, em tese, ao delito praticado, e que se presume não ter qualquer interesse direto na causa.”

 


Com informações, O Antagonista

 

Estudante de Letras, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho. Brasil acima de tudo!

Publicidade
4 Comentários

4 Comments

  1. Doli Antonio Santos

    07.12.2018 at 16:09

    Cabe uma investigação em relação aos 4 advogados. Qual deles mandou esse traste matar BOLSONARO. Se eles ESTÃO defendendo o criminoso é porque estão com o rabo atado com os demais mandantes. Tem que incrimina-Los dessa maneira. Um de VOCÊS mandou matar BOLSONARO. Qual de VOCÊS é o mandante.

  2. Francisco

    12.09.2018 at 04:04

    Casos OAB seja omissa e paternalista que a representava seja encaminhada a Polícia Federal para apurar a conduta dos advogados. Que pelas evidências estão escondendo algo . Isto é muito grave. Nos da sociedade Brasileira queremos urgência por parte da OAB, sob pena desta se tornar desacreditada pelo povo brasileiro.

  3. Edson

    11.09.2018 at 18:30

    Delicia de notícia.

  4. teca

    11.09.2018 at 17:50

    Bravo!!!Vamos descobrir quem está por trás desse bandido terrorista!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites