Redes Sociais

Últimas

O “tsunami” contra Witzel

Redação

Publicado

em

Fernando Frazão | Agência Brasil

O senador Flávio Bolsonaro afirmou, nesta terça-feira (26), que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, pode enfrentar um “tsunami” em breve.

Sem fazer nenhuma menção direta ao que pode vir acontecer, Flávio frisou que ultimamente vem ouvindo acusações que apontam um suposto envolvimento de Witzel e seus aliados em ações corruptas.

“Tem tanta coisa errada no seu governo e é por isso que me afastei desde o início. Isso não é nada perto do tsunami que pode chegar contra você”, disse Flávio.

E acrescentou:

“Pelo menos meia dúzia de secretarias vai ter problema”.

Chefe supremo

Conforme noticiou o Conexão Política no dia 22 de maio, graves acusações contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel,  juntamente com o nome de outro velho conhecido da política, o “pastor” Everaldo Pereira, presidente do PSC – partido de Witzel –, prometem empurrar o político para o centro de um grande escândalo de corrupção.

Segundo reportagem da revista Veja, uma delação feita pelo empresário Arthur Soares, conhecido como “Rei Arthur”, acusado de ter subornado membros do Comitê Olímpico Internacional para votar a favor do Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016, coloca o governador como “Chefe Supremo” de um esquema feito para extorquir empresas prestadoras de serviço no estado.

As declarações estão com a Procuradoria-Geral da República (PGR), que recebeu uma proposta de acordo de delação do empresário.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites