Redes Sociais

Últimas

O depoimento de Adélio Bispo de Oliveira

Adélio foi ouvido pela Polícia Federal, em Campo Grande (MS), onde está internado

Redação

Publicado

em

Divulgação

O delegado Rodrigo Morais, da Polícia Federal, ouviu novamente Adélio Bispo de Oliveira, que tentou assassinar Jair Messias Bolsonaro.

Adélio voltou a dizer que agiu sozinho, assegurando que ouviu uma voz de Deus, informou o delegado.

Ainda em depoimento, Adélio afirmou que esfaqueou Bolsonaro por divergências políticas e por não aceitar as suas declarações.

“Não acrescentou nada de novo às investigações. Ele foi ouvido na condição de mero informante, pois foi declarado absolutamente incapaz pela Justiça, em razão do diagnóstico de Transtorno Delirante Permanente Grave”, pontuou o delegado.

Morais disse finalizou que a apuração deve findar logo em breve, “pois não há qualquer suspeito que possa ter se aproveitado da condição e da predisposição do Adélio para incentivá-lo a praticar o ato”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

alan correa criação de sites