Redes Sociais

Últimas

NOTA OFICIAL DO CONEXÃO POLÍTICA

Redação

Publicado

em

O acesso à Internet não é apenas um conforto, mas sim um direito, de acordo com a ONU — direito esse que é constantemente violado. A ONG Access Now, que defende o acesso aberto à Internet, tem dito que o ‘cartão de liberdade na Internet’ tem diminuído cada vez mais.

De acordo com Repórteres Sem Fronteiras, o Facebook tem feito parcerias com alguns países – como a Síria e a Turquia – para suprimir o conteúdo jornalístico.

O Twitter, por sua vez, usa sua ferramenta de gerenciamento de conteúdo [para proibir] o acesso a uma conta ou a um tweet.

E é justamente sobre este último que gostaríamos de falar.

O início da censura

Desde 2017 o Conexão Política tem buscado transmitir os fatos em tempo real aos nossos leitores — sem distorções, sem paixões e sem dinheiro público. Além disso, o Conexão Política não possui grandes estruturas como a extrema-imprensa. Contudo, seguimos crescendo a todo vapor, resistindo a todas as patrulhas contra vozes dissidentes e liderando em audiência.

Sim, liderando em audiência. E é por isso que o desespero da grande mídia aparelhada está tão visível contra o crescimento contínuo da mídia independente.

Não é a toa que grandes veículos de comunicação como O Globo, Veja, Folha de São e Estadão estão dizendo que o Conexão Política é uma ameaça para as mídias tradicionais.

Tudo começou em 07 de agosto de 2018, quando nas vésperas das eleições mais importante da história do Brasil, o Twitter resolveu remover a página do Conexão Política.

Sem nenhum e-mail e sem nenhuma notificação, o Twitter do Conexão Política simplesmente desapareceu. Consequentemente, diversos usuários utilizaram a mesma plataforma para questionar a atitude da rede. Vários políticos como Eduardo Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, Daniel Coelho e Bia Kicis também entraram na campanha.

Dias depois, sem explicações, o Twitter colocou a página no ar novamente.

Caso semelhante

Em junho, a conta do Conexão Política no Twitter perdeu inexplicavelmente 150 mil seguidores — de 233 mil para 83 mil — ou seja, uma queda brusca  de aproximadamente 63% dos seguidores.

Desde o dia 27/05 denunciamos a censura que estamos sofrendo nessa plataforma e a limitação que tivemos no número de seguidores e alcance de nossas publicações. Buscamos contato com o Twitter Brasil, mas não tivemos nenhum retorno.

Dessa forma, neste momento atual, o Twitter segue restringindo todas as publicações do Conexão Política. Ao longo do dia, postagens que conseguem grande expressão de curtidas e retweets, por exemplo, perdem mais de 50% dos números reais. Ex: uma publicação X, que consegue 10 mil curtidas em 1h no ar, horas depois aparece com 5 mil curtidas.

Há vários relatos de leitores do Conexão Política que estão deixando de seguir a página involuntariamente e que muitas vezes ao clicar num post do Conexão, o Twitter diz que o conteúdo não existe.

O Twitter limitou todas as funções da atual conta do Conexão Política.

O que faremos a partir de agora 

Por isso, por meio dessa publicação, o Conexão Política vem informar que estará migrando toda sua atuação para a conta que atualmente é do Conexão Política reserva.

Ao atingirmos os números atuais de seguidores do Conexão Política no perfil reserva, estaremos atualizando os dados de @ e fazendo as devidas migrações de dados.

O atual perfil do Conexão Política passará a ficar de reserva, enquanto o reserva passará a ser a nossa conta principal.

Informamos também que estamos trabalhando para desenvolver um aplicativo para portal do Conexão Política – na busca de não sermos controlados pelas mídias sociais.

Portanto, caro leitor, se você acompanha o Conexão Política e gosta do nosso trabalho, siga o perfil @conexaoreserva. Pois o Conexão Política passará a utilizar essa conta a partir dos próximos dias.

Contamos contatos vocês para que alcancemos os números atuais do Conexão Política no Twitter também nesta conta reserva.

Siga agora o @conexaoreserva e faça um tweet usando a tag #SigaConexaoPoliticaReserva e comentando sobre essa estratégia da nossa equipe.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites