Redes Sociais

Últimas

Nigel Farage anuncia sua retirada da política: ‘agora vou lutar contra a influência da China no Reino Unido’

Thaís Garcia

Publicado

em

Gage Skidmore | CC BY-SA 2.0

Após quase três décadas na política, o britânico Nigel Farage, o principal líder da campanha pela saída do Reino Unido da União Europeia, anunciou sua retirada da liderança do partido ‘Reform UK’ (Reforma do Reino Unido) e da política em geral, após considerar que sua missão havia encerrado.

“Tenho o prazer de assumir o cargo de Presidente Honorário do Reform UK e deixarei o partido nas mãos competentes de Richard Tice”, disse Farage. “Meus agradecimentos aos muitos milhões que ajudaram a mudar o curso da história para sempre”.

“Não há como voltar atrás. O Brexit acabou”, disse Farage em um podcast do jornal ‘The Telegraph’. “Eu não vou recuar. Eu sei que já voltei uma ou duas vezes quando as pessoas pensaram que eu tinha ido, mas chegamos até aqui. Acabou.”

Agora, Farage pretende continuar “influenciando o debate político”. “Não quero jogar golfe quatro vezes por semana”, explicou ele, embora observando que sua missão agora será fazer campanha “contra a influência da China no Reino Unido” e a agenda do “politicamente correto”.

“Parar a China é a próxima grande batalha a travar”, disse Farage em um vídeo no Twitter.

“Vou continuar a fazer minha parte por meio da mídia, redes sociais e novos projetos”, acrescentou Farage.

“Ao longo dos anos, construí uma plataforma de mídia social bastante considerável. Eu tenho escopo. É por isso que quero continuar influenciando o debate. Eu quero continuar mudando o debate. Mas posso fazer isso sem disputar nas eleições”, declarou.

 

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.