Redes Sociais

Últimas

VÍDEO: Em Goiás, Mulher é algemada e presa após ser acusada de desobedecer distância mínima para evitar contágio de coronavírus

A medida está gerando polêmica nas redes sociais.

Redação

Publicado

em

Reprodução

Uma senhora foi presa e algemada na tarde desta terça-feira, 31 de março, na porta de uma agência bancária em Caldas Novas, Goiás.

Ela é acusada de desobedecer um decreto municipal que ordena distância mínima de 1 metro entre os clientes em estabelecimentos

Segundo autoridades locais, o decreto distanciamento é uma forma de evitar contaminação pelo coronavírus.

Nas redes sociais, o vídeo tem circulado e gerado questionamentos sobre o assunto.

A cliente alegou aos policiais mal-estar no momento da abordagem. Imagens mostram os policiais usando algemas para prender a cliente e levá-la para a delegacia.

A mulher foi liberada após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) com a Polícia Militar por desobediência e crime contra a saúde pública.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites