Redes Sociais

Últimas

Moro cita EUA e diz que “ninguém sério” questiona poder do Supremo de “dar a palavra final”

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

José Cruz | Agência Brasil

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, usou o Twitter nesta terça-feira, 2 de junho, para citar os Estados Unidos como exemplo para defender a Suprema Corte.

Segundo ele, “ninguém sério questiona” o poder da Suprema Corte local como intérprete da Constituição.

Na visão de Moro, a mais alta instância do Judiciário deve ser respeitada e tem o poder de dar a “palavra final”.

“Nos EUA, país que serve de modelo a muitos, casos como Marbury v. Madison, 1803; Brown v. Board of Education, 1954; e US v. Nixon, 1974, estabeleceram o princípio da supremacia da Constituição e a Suprema Corte como intérprete. Ninguém sério questiona o poder dela de dar a palavra final”, escreveu.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites