Redes Sociais

Últimas

Ministro do Turismo é indiciado pela Polícia Federal

Marcos Rocha

Publicado

em

Ministro do Turismo é indiciado pela Polícia Federal 21
José Cruz | Agência Brasil

O ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antônio, foi indiciado pela Polícia Federal.

O caso diz respeito ao suposto esquema de laranjas no PSL de Minas Gerais.

Segundo documento emitido pelo órgão, Marcelo é a cabeça do esquema que viabilizou candidaturas femininas no partido apenas como fachadas para desviar recursos públicos em Minas.

Entre os crimes pelos quais Álvaro foi indiciado estão falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa. As penas pelos crimes variam entre três e seis anos.

Com o indiciamento, o MP deve decidir se vai denunciar o Ministro.

Caso a denúncia seja feita e aceita pela Justiça, Álvaro Antônio vai responder a processo como réu.

OUTRO LADO

A assessoria do ministro do Turismo divulgou a seguinte nota:

“O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ainda não foi notificado oficialmente da decisão, mas reafirma sua confiança na Justiça e reforça sua convicção de que a verdade prevalecerá. Assim como vem declarando desde o início da investigação, que teve como base uma campanha difamatória e mentirosa, o ministro reitera que não cometeu qualquer irregularidade na campanha eleitoral de 2018. Vale lembrar que esta é apenas mais uma etapa de investigação e o ministro segue confiante de que ficará comprovada sua inocência”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites