Militares aconselham Jair Bolsonaro a recuar sobre embaixada em Jerusalém

Autor: 10 Comentários Compartilhar:
Imagem: Evaristo Sa | AFP

Os generais que cercam Jair Bolsonaro o aconselharam a recuar sobre a decisão de transferir a embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém, registra O Antagonista.

Segundo o jornalista Claudio Dantas, o clima é de receios em torno de retaliações de radicais islâmicos.

No Twitter, Bolsonaro confirmou no Twitter que “pretende” transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém.

Como afirmado durante a campanha, pretendemos transferir a Embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém. Israel é um Estado soberano e nós o respeitamos”, publicou Jair.

A declaração foi promessa campanha do presidente eleito.

Post anterior

Dr. Rey visita Bolsonaro e se oferece para o Ministério da Saúde: “Eu trago o sistema do primeiro mundo”

Próximo post

O Antagonista supera o jornal Estadão, aponta ranking da Alexa

Você pode gostar também:

10 Comentários

  1. O nosso Presidente, Capitão Jair Bolsonaro, já resolveu está questão de modo muito simples:
    “Vamos parar com essa frescura!!!”, diz Bolsonaro sobre mudança de embaixada em Israel.

  2. O Presidente Jair Bolsonaro poderia pedir um estudo estratégico para implementação deste objetivo – mudança da Embaixada – para os notaveis: General Heleno (GSI); Olavo de Carvalho (Embaixador nos EUA); Paulo Guedes (Economia). Prazo: 2 a 3 anos.

  3. Aprovo esta atitude do presidente eleito Jair Bolsonaro. Historicamente desde quando o rei Davi tomou Jerusalem das mãos dos jebuseus, a transformou na capital de seu reinado e desde este feito ja conta uns três milenios.

  4. É pessoal eu acho que isso aí não adianta muito ficar debatendo porque a capital de Israel sempre foi Jerusalém, essa guerra vem a mais 2000 anos antes, não tem quem vai derrubar Israel, sempre tentaram unir forças contra Israel e tomaram, só agora está sendo devolvida! Israel é Israel e a capital sempre foi Jerusalém desde que o mundo é mundo, DEUS escolheu Israel para Seu povo, e Jerusalém era e sempre foi sua capital!!!!

  5. As mesmas retaliações foram prometidas contra EUA, REP. TCHECA, GUATEMALA e PARAGUAI que já transferiram suas embaixadas. trata-se de uma intimidação covarde e expúria, o Brasil não pode ceder a isso.

  6. Ressalto que o nome Palestina foi dado pelo imperador romano Adriano, sobrinho de Trajano, por causa de insurgências dos judeus na província da Judéia, tal imperador resolveu trocar o nome para Palestina, eliminando assim a referência da província judaica até os dias de hoje que continuam negar aos judeus suas terras de fato e de direito.

  7. Sr. Presidente Vossa Excelência não deve ser intimidado pelos países árabes, nem recuar por causa de retaliações islâmicas, afinal de contas, o Brasil é soberano para decidir sobre o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel, tampouco ser amedrontado por retaliações! o Deus de Israel não deixará desprovido o Brasil!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.