Redes Sociais

Últimas

Mídia jornalística faz piada com tentativa de suicídio de ministra após ser estuprada

Redação

Publicado

em

Imagem: Sergio Lima | AFP

Nesta quinta-feira, 13, a futura ministra do governo de Jair Bolsonaro, que comandará o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, recebeu diversos ataques nas redes sociais após a propagação de um vídeo antigo, que circula na internet, no qual ela relata que quando tinha 10 anos pensou em cometer suicídio.

No vídeo, a futura ministra diz que subiu em um pé-de-goiaba com um veneno para tomar, mas viu Jesus, e desistiu do suicídio.

Damares, que foi criada na religião evangélica, conta que naquele dia se sentiu abraçada por Jesus e desistiu de tirar a própria vida.

O vídeo que está circulando, no entanto, está cortado. Na versão completa, Damares conta que sofria abuso sexual quando criança e justificou a vontade de atentar contra sua própria vida em razão de não mais suportar os abusos frequentes.

A história da futura ministra, contudo, não comoveu os opositores do governo eleito, que transformaram a tragédia em piada para fazer deboche.

O jornalista Ricardo Noblat, do O GLOBO, publicou dois memes em seu Twitter sobre o caso:

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

 

Já o blog Catraca Livre, do jornalista Gilberto Dimenstein, resolveu fazer um compilado de memes sobre o caso. Deixamos aqui apenas a manchete.

O perfil oficial do Globo Rural no Twitter também fez um post sobre o assunto.

Imagem: Reprodução

Após tamanha repercussão dos ataques, a futura ministra expressou sua indignação. 

“Virei palco de piada de dias para cá por conta da história do pé de Goiaba, porque disse que vi Jesus. Eu fui abusada (sexualmente) dos seis aos oito anos. Fui ao pé de Goiaba quando criança para me matar”, disse.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), também demonstrou indignação e fez uma publicação em seu Twitter oficial.

“É surreal e extremamente vergonhoso ver setores da grande mídia debocharem do relato da futura Ministra Damares Alves sofre a fé em Jesus Cristo, que a livrou de um suicídio desejado por conta de abusos sofridos na infância. Lamentável!”, escreveu.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites