Redes Sociais

Análise

Mídia global tenta desesperadamente subestimar a hidroxicloroquina: “não é eficaz!”, “não foi comprovado cientificamente!”

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: AP

Enquanto Bolsonaro e Trump lutam pelo tratamento de pacientes do coronavírus chinês com a hidroxicloroquina (HCQ), a mídia global insiste em uma campanha orquestrada contra o medicamento antimalárico que está sendo apontado por milhares de médicos em mais de 30 países como uma das maiores esperanças para mudar o jogo contra o “inimigo invisível”.

Há duas razões por trás da mídia global em pressionar contra o uso da hidroxicloroquina: primeiramente é uma guerra política, pois ela é defendida por conservadores como Trump e Bolsonaro, e o ódio da mídia em relação a eles obscurece seu raciocínio lógico para analisar objetivamente os prós e os contras o medicamento; e em segundo, a HCQ é barata e produzida em larga escala no Brasil, Europa e principalmente na Índia, que é parceiro econômico do Brasil e EUA.

Mais de 70% da oferta global de hidroxicloroquina é proveniente da Índia e produzida pelas indústrias farmacêuticas Ipca Labs e Zycus.

Vários reguladores, incluindo o FDA, a Anvisa e o Conselho Indiano de Pesquisa Médica, aprovaram o uso da hidroxicloroquina como medicamento no tratamento do Covid-19, doença causada pelo vírus chinês.

evidências em muitos países de que o tratamento com a hidroxicloroquina, combinado com zinco e  azitromicina, é o meio mais efetivo na batalha contra o coronavírus e, portanto, o mundo não tem nada a perder com o uso do medicamento.

No entanto, a mídia globalista iniciou uma campanha agressiva contra o medicamento, com argumentos fictícios e sem fundamentos científicos, apenas para desestabilizar governos conservadores.

Jornalistas e Youtubers instantaneamente se tornaram “expert” no assunto e utilizam seus canais de informação para descredenciar a eficácia da hidroxicloroquina em pacientes com o Covid-19, que estão rapidamente sendo curados ao iniciar o tratamento.

A aprovação e o uso da hidroxicloroquina (HCQ) como medicamento para o tratamento de pacientes com covid-19 é essencial na luta contra o vírus chinês, e está salvando milhares de vidas.

A mídia e a classe política de esquerda deveriam ser punidos pela falta de compaixão que estão tendo com as vidas que dependem desse medicamento para sobreviver.

A descoberta da eficácia do medicamento antimalárico para o tratamento do coronavírus é uma ótima notícia para o mundo, e o serviço prestado pela mídia, uma desgraça!

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »
alan correa criação de sites