Redes Sociais

Últimas

Manifestantes que protestaram em frente ao prédio de Alexandre de Moraes viram réus

Redação

Publicado

em

Adriano Machado | Reuters

A Justiça de São Paulo aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público contra dois manifestantes que participaram de um protesto em frente ao prédio do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

O ato aconteceu no dia 2 de maio.

A informação é do G1, portal de notícias da Globo. Segundo a matéria, Antonio Carlos Bonzeri e Jurandir Alencar viraram réus por ameaça, difamação, injúria e perturbação do sossego.

Na denúncia do MP, a promotora Alexandra Milaré Santos pede que as penas sejam agravadas pelo fato de os crimes terem sido cometidos contra funcionário público, devido suas funções, e diante várias pessoas.

“[os manifestantes] Permaneceram por aproximadamente 2 horas em via pública, oportunidade em que, utilizando-se de um microfone acoplado a alto-falante em um carro de som, realizaram diversas ameaças à vítima, tais como ‘você e sua família jamais poderão sair nas ruas deste país, nem daqui há vinte anos’ e ‘nós iremos defenestrá-los da terra’, bem como pelo fato de possuírem um caixão acoplado em um dos automóveis utilizados, simulando a morte do ofendido”, justificou a promotora.

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | [email protected]

alan correa criação de sites