Redes Sociais

Mundo

Maduro usa pandemia para tentar neutralizar Guiadó

Tiago Netto

Publicado

em

Carlos Becerra/Bloomberg

O ditador venezuelano Nicolás Maduro está usando da pandemia do coronavírus para tentar neutralizar o presidente interino Juan Guaidó.

Maduro tem ido diariamente às televisões para divulgar os números dos casos de Covid-19 no país. Ele pede disciplina, colocando toque de recolher em cidades que fazem fronteira com a Colômbia e enviando militares para as ruas obrigando a população a cumprir a quarentena.

Segundo analistas, o ditador socialista quer se mostrar como “o homem forte” à frente da COVID-19, enquanto Guaidó fica confinado às redes sociais, em meio à censura e às “falhas” de conexão.

Juan Guaidó denunciou Maduro por mentir quanto às informações passadas sobre o número de infectados pela doença na Venezuela. Maduro afirma que há apenas 256 casos confirmados e 9 mortes.

Ilegítimo para boa parte do mundo, Maduro ainda conta com o apoio dos aliados Rússia e China para receber máscaras de proteção e ventiladores.

Durante a pandemia de coronavírus, os EUA acusam Maduro de narcoterrorismo e oferecem U$15 milhões de recompensa por ele.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites