Redes Sociais

Brasil

“Lutaremos incansavelmente para que o voluntariado seja uma marca do novo governo”, diz Michelle Bolsonaro em discurso

Thaís Garcia

Publicado

em

"Lutaremos incansavelmente para que o voluntariado seja uma marca do novo governo”, diz Michelle Bolsonaro em discurso 20
Valter Campanato/Agência Brasil

Nesta terça-feira (9), a primeira-dama Michelle Bolsonaro discursou na cerimônia de lançamento do “Pátria Voluntária”, um programa nacional do governo de incentivo ao voluntariado, no Hospital da Criança de Brasília.

Coordenada pelo Ministério da Cidadania, a ação busca incentivar a participação dos cidadãos na promoção de práticas sustentáveis, culturais e educacionais voltadas à população brasileira mais vulnerável.

Compareceram à cerimônia diversas autoridades, entre eles, o anfitrião ministro da Cidadania, Osmar Terra, o presidente da República Jair Bolsonaro, a procurada Raquel Dodge, os ministros Paulo Guedes, Damares Alves, Ernesto Araújo, Sérgio Moro, Marcos Pontes e outros, além de governadores, prefeitos e suas esposas, e representantes de instituições, fundações e associações que desenvolvem trabalhos sociais importantes para o Brasil.

Também estavam presentes representantes da ONU, da UNICEF, da UNESCO, crianças da escola Maria Teixeira que apresentaram o Hino Nacional em Libras e os voluntários da organização Trupe Miolo Mole, na qual Michelle faz parte, e tem como objetivo disseminar amor e alegria por onde passam.

Conselho
O programa será conduzido por um Conselho, vinculado ao Ministério da Cidadania e composto por representantes do governo federal e da sociedade civil. A presidência do conselho estará a cargo da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

O colegiado será composto por 12 ministro e 11 membros da sociedade civil, entre eles, Rosângela Moro, mulher do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, Elizabeth Guedes, irmã do ministro da economia, Paulo Guedes e a cantora Elba Ramalho.

“Será uma honra poder trabalhar ao lado dos conselheiros em prol da população vulnerável. Lutaremos incansavelmente para que o voluntariado seja uma marca do novo governo”, disse Michelle Bolsonaro.

A primeira-dama convidou todos os presentes a “aceitarem o caminho do voluntariado, e buscarem multiplicar as boas ações em todo o território brasileiro”.

Trabalho voluntário

Durante o discurso, a primeira-dama apresentou um breve histórico de ações voluntárias das quais participou ao longo dos anos.

Em 2000, Michelle participou de cadastramentos na Vila dos Carroceiros, em Santa Maria no DF.

Como voluntária da igreja na qual faz parte, ela serviu idosos no Asilo Riachuelo no Rio de Janeiro, ajudou crianças de um orfanato no bairro carioca, Pedra de Guaratiba e participou de formações voluntárias tanto para o Dia dos Pais, quanto o Dia das Mães no morro.

Duas vezes ao ano, Michelle participa como voluntária na organização de um retiro espiritual de sua igreja. E Com alegria comunicou que participa de um outro projeto da igreja, chamado Projeto da Fé, e chamou as meninas participantes de “suas filhas”.

Além disso, Michelle também foi ativa em ações sociais no Morro Cosme Damião no Rio e na organização de festas anuais para crianças do lixão, em Gramacho, no Rio de Janeiro.

Já conhecido pela nação, há anos, a primeira-dama desenvolve um lindo trabalho junto à ‘sua’ comunidade surda.

Outro trabalho voluntário de destaque que Michelle apresentou foi o projeto “Doe Sangue e Medula Óssea”. Um projeto de intervenção urbana no centro do Rio de Janeiro, junto à organização Trupe Miolo Mole.

No mesmo dia do lançamento do Pátria Voluntária, a primeira-dama, vestida de palhaça, a Dr. Florinda, participou de uma nobre ação social no Hospital da Criança de Brasília.

“Foi um momento de muita felicidade. Um local e ambiente hostil, mas é um momento em que a gente pode proporcionar um pouco de alegria para o coração das mães”, disse Michelle em seu discurso.

Chamado de Deus
O serviço voluntário que presta é visto pela primeira-dama como um chamado de Deus.

“Dentro das minhas limitações, sempre quis ajudar o próximo. É um chamado do meu coração. Aceitei esse caminho com designo de Deus”, disse Michelle Bolsonaro.

Pesquisas
De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios Contínua (PNAD), do IBGE, 7,2 milhões de pessoas no Brasil realizaram trabalho voluntário em 2018.

Pátria Voluntária
De acordo com a primeira-dama, o Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado, Pátria Voluntária, tem como objetivo fomentar a prática voluntária como um ato de humanidade, civilidade e amor ao próximo.

“Queremos nos tornar uma nação solidária. Nós podemos, cada um à sua maneira, contribuir para transformar o Brasil em um país mais justo e acessível. Nossa missão como Conselho no programa, não é substituir o Estado, mas somar forças para melhorar a qualidade de vida da população. Somente através da participação ativa do cidadão, do governo e do setor privado, é que poderemos implementar ações verdadeiramente transformadoras no Brasil”, disse Michelle.

A primeira-dama continuou: “Estamos prontos para promover o diálogo com instituições governamentais e não-governamentais, sobre temas de promoção do voluntariado no país de forma transparente. Nosso objetivo é identificar prioridades e realizações concretas voltadas à inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade social, decorrente da pobreza, privação ou fragilização de vínculos afetivos e de deficiência. Reafirmo hoje, a promessa que fiz durante a posse de meu esposo, de contribuir e trabalhar para toda a sociedade brasileira. Quero que todos, sem exceção, se sintam valorizados, e tenham os seus direitos respeitados. Juntos alcançaremos um Brasil mais próximo, com amor, ordem progresso, paz, educação e liberdade para todos. Que Deus nos abençoe”.

Prêmio Nacional de Incentivo ao Voluntariado
O decreto também institui o Prêmio Nacional de Incentivo ao Voluntariado. De caráter simbólico, a premiação será concedida anualmente em reconhecimento à atuação de cidadãos e entidades promotoras de atividades voluntárias de relevante interesse social.

Além do prêmio, será conferido o Selo de Acreditação do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado a organizações da sociedade civil que desenvolvam ou estimulem trabalhos voluntários.

Palavra do Presidente
Emocionado, o presidente Jair Bolsonaro também fez um discurso e mencionou a importância do serviço voluntário.

“Todos nós que estamos servindo a Pátria, de farda, de paletó e gravata, de macacão, ou de sunga, como os salva-vidas na praia, em especial meus amigos da imprensa, quando eu tenho uma caneta na mão, ou uma câmera, quando vocês fazem o trabalho bem feito, vocês estão ajudando, e muito o Brasil. Mas o poder de uma caneta na mão de um presidente ou de um repórter que não saiba usá-la corretamente, muita coisa de ruim pode acontecer. Mas eu confio em vocês. Essa vida é para todos nós um aprendizado. E nós vamos juntos fazer um Brasil melhor para todos. Porque todos nós somos voluntários. ”


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

8 Comentários

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites