Redes Sociais

Últimas

Laboratório detecta primeiro caso da nova variante do coronavírus em São Paulo

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Reuters

Nesta quinta-feira (31), o laboratório de diagnóstico Dasa informou que detectou dois casos da nova variante do coronavírus em São Paulo.

Segundo a empresa, os dados que foram e contados são da mesma cepa que surgiu no Reino Unido.

Adotada pela comunidade científica de B.1.1.7, a variante já foi registrada em quase 20 países.

Até o momento, é possível afirmar essas mutações afetam a maneira como o vírus se fixa nas células humanas. Médicos e pesquisadores apontam que a B.1.1.7 é 56% mais contagiosa.

Apesar disso, ainda não há nenhuma comprovação de que a variante resulte em casos mais graves ou com maior índice de mortes.

De acordo com os novos números, ela representa 50% dos novos casos confirmados no Reino Unido.

No Reino Unido, ela já representa mais de 50% dos novos casos diagnosticados, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Aqui no Brasil, a Dasa informou ao fazer o sequenciamento de 400 amostras analisadas, dois pacientes apresentaram a nova variante.

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites