Redes Sociais

Estados Unidos

Kanye West lança candidatura prometendo US$ 1 milhão às famílias que tiverem filhos

Guilherme L. Campos

Publicado

em

Kanye West lançou ontem sua campanha presidencial durante um evento em North Charleston, Carolina do Sul, um dia antes de expirar o prazo do estado para registrar as assinaturas necessárias para uma candidatura independente.

O artista apareceu usando um colete balístico e com “2020” raspado em sua cabeça. Centenas de pessoas estiveram presentes no evento, que exigiu registro prévio e assinatura de termo de responsabilização pessoal por causa do coronavírus.

Sobre o aborto, West disse que, embora acredite que a prática deva ser legal, incentivos financeiros para ajudar as mães em dificuldades podem ser uma maneira de desencorajar o aborto.

“Todo mundo que tem um bebê ganha um milhão de dólares”, disse ele como exemplo.

Candidatura

A Carolina do Sul exige 10.000 assinaturas para um candidato independente ter seu nome nas cédulas. Para conseguir viabilidade à sua candidatura, West precisa atender às exigências particulares de cada estado até conseguir se registrar em estados que juntos somem ao menos 270 delegados, o mínimo necessário para um candidato ser eleito presidente.

Devido ao estado de emergência resultante da pandemia de coronavírus, o prazo para o envio de assinaturas foi adiado na Carolina do Sul para 20 de julho, abrindo caminho para o evento de West no último domingo (19).

Na semana passada, West pagou a taxa de inscrição de US $ 35.000 para participar das eleições em Oklahoma.

Ele precisará ainda de vários outros estados para conseguir os 270 votos eleitorais necessários para conquistar a presidência. Atualmente, existem apenas 306 votos eleitorais disponíveis em estados nos quais os prazos para registro ainda não expiraram.

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites