Redes Sociais

Rio de Janeiro

Justiça manda Witzel manter hospital de campanha do Maracanã aberto

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução / TV Globo

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Claudio de Mello Tavares, negou, nesta última quinta-feira (20), o recurso do governo Witzel para desativar o hospital de campanha do Maracanã, localizado na Zona Norte da capital fluminense.

Na decisão, o magistrado salientou que o quadro de calamidade precisa ser prontamente combatido e que nenhuma região do estado está em bandeira verde nas fases de flexibilização.

O hospital deverá continuará funcionando mesmo sem nenhum paciente na unidade.

Leia também:

Abertos, mas sem pacientes: hospitais de campanha do Rio de Janeiro viram unidades fantasmas

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites