Redes Sociais

Últimas

Juiz torna réus Lula, Dilma, Palocci e Mantega por ‘quadrilhão do PT’

Marcos Rocha

Publicado

em

Imagem: Lula Marques | Agência PT

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, aceitou nesta sexta-feira, 23, denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em 2017 contra os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, os ex-ministros da Fazenda Guido Mantega e Antonio Palocci e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Com a decisão, os petistas se tornam réus e serão julgados pelas acusações do inquérito conhecido como “quadrilhão do PT”, em que são acusados do crime de organização criminosa.

Formulada em setembro do ano passado pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a denúncia aceita hoje acusa os ex-presidentes de terem liderado, durante seus governos, uma organização criminosa que lesou a Petrobras em meados de 2003 e maio de 2016.

Também foram denunciados a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), o ex-ministro Paulo Bernardo e Edinho Silva. Entretanto, eles não foram atingidos pela decisão do juiz Vallisney, pois possuem foro privilegiado e responderão as acusações nos Tribunais superiores.

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. Avatar

    nei erling

    23.11.2018 at 17:14

    Quadrilhão é muito pouco……………. ,,,, muita gente boa está faltando nessa lista…

  2. Avatar

    bruno

    23.11.2018 at 16:57

    Edinho Silva e Paulo Bernardo foro privilegiado por que?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites