Redes Sociais

Últimas

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

A aeronave caiu sobre um caminhão, em trecho do Rodoanel, que dá acesso à rodovia Anhanguera, em São Paulo.

Redação

Publicado

em

Band | Reprodução

O jornalista da Band Ricardo Boechat, de 66 anos, estava entre as vítimas do acidente de helicóptero que caiu nesta segunda-feira (11), na Rodovia em Anhanguera, em São Paulo. A informação foi confirmada pela Band.

O helicóptero caiu sobre um caminhão por volta do meio-dia, logo abaixo do quilômetro 7 do viaduto do Rodoanel, no sentido rodovia Castelo Branco, próximo ao pedágio Jabaquara, na Grande São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto e o copiloto da aeronave morreram na hora.

Âncora do Jornal da Banda e da BandNews FM, Boechat teve passagens pelos principais jornais do país, como “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Em pronunciamento ao vivo, o jornalista José Luiz Datena disse que “com profundo pezar desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista Ricardo Boechat, pai de família, companheiro, o maior âncora do jornalismo da TV brasileira, morreu hoje em um acidente de helicóptero no Rodoanel em São Paulo”.

Datena disse que Boechat ia em direção a Campinas para a realização de uma palestra.

“Jamais pensei que eu iria dar essa informação”, comentou. “É um momento muito triste para o jornalismo brasileiro, para a família Band.”

 

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política.

Publicidade
5 Comentários

5 Comments

  1. Pingback: Empresa envolvida em acidente com Boechat não podia transportar passageiros – Farol.News

  2. Pingback: Empresa envolvida em acidente com Boechat não podia transportas passageiros – Conexão Política

  3. Sempre Mais do MESMO

    11.02.2019 at 15:25

    Só mais um que morreu entre tantos outros.

    Esse endeusamento de celebridades (meramente por serem vistos por muitos) é a exata causa de sentirem-se tão diferenciados dos comuns. Exatamente por isso não nutrem NENHUMA EMPATIA pela POPULAÇÃO dos “comuns”, mas apenas POR OUTRAS CELEBRIDADES e AUTORIDADES com as quais têm contato “DE IGUAL para IGUAL”.

    É por essa adoração ou supervalorização de meros FAMOSOS que esses tipos nada sentem ao se enriquecerem sugando o sangue de uma população escravizada por tantos impostos e leis-ordens. impostos e leis que NÃO ATINGEM esses “DIFERENTES” que fazem discursos contra as desigualdades sociais, ao mesmo tempo que se diferenciam enriquecendo através de PRIVILÉGIOS fiscais e VERBAS que faltam nos hospitais.

    Para mim, não faz falta.

    Dizia Nietzsche algo assim: os principes não fazem a plebe sofrer por maldade, mas apenas por desprezo. SENTEM-SE TÃO DIFERENTES da plebe que não conseguem se por em seu lugar e assim não imaginam que pessoas comuns também sofrem, e não apenas os nobres possuem sentimentos. Não conseguimos nos ver no lugar de um inseto e por tal os esmagamos sem o menor remorso. É impossível imaginarmos que um inseto TÃO INFERIOR a nos humanos possa ter sentimentos como nás temos.

    O fato é esses, que são cultuados como seres superiores por manadas de humanos a lhes abanar o rabo, já estão convencidos que são absolutamente diferentes dos pagadores de impostos, foram pelas manadas que os reverenciam (sentimento animal ante superiores) que estão muito acima dos comuns. Portanto não se importam sinceramente com as misérias, humilhações e sofrimentos que causam aos pagadores de impostos. Pois não mais são capazes de qualquer EMPATIA, não conseguem se ver no lugar dessa “gente comum”.

  4. Manoel Oliveira Santos

    11.02.2019 at 14:26

    Meu Deus! O Brasil está vivendo uma tragédia por dia: o que o nosso país perde com o falecimento do Ricardo Boechat, não tem como medir; ele era um divisor de águas na compreensão do momento que o Brasil vive. Era o único jornalista que não escondia suas posições, mas realizava seu brilhante trabalho de forma coerente; respeitando as opiniões alheias. É muito difícil escrever sobre esse momento de total tristeza e rezar pelo Boechat, sua família e seus colegas de trabalho na Rede Bandeirantes: o Brasil vai sentir muita falta do Ricardo Boechat.

  5. ALEX CESAR VASCONCELOS DA FONSECA

    11.02.2019 at 14:14

    Lamentável!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites