Redes Sociais

Últimas

Joaquim Levy aceita convite e será presidente do BNDES no governo Bolsonaro

Marcos Rocha

Publicado

em

Imagem: Thomas Lee | Bloomberg

A assessoria de imprensa do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta segunda-feira, por meio de nota oficial, que o economista Joaquim Levy aceitou convite para presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no governo Jair Bolsonaro.

Atualmente, Levy ocupa o cargo de diretor do Banco Mundial, em Washington. Antes, foi ministro da Fazenda no governo Dilma, onde permaneceu no cargo por quase um ano, pedindo demissão em 18 de dezembro de 2015.

Quando chefiou o Ministério da Fazenda, Levy atuou fortemente para tentar diminuir o rombo das contas públicas provocado pelos governos petistas, mas enfrentou fortes resistências de sindicalistas e parlamentares do próprio PT.

LIBERAL

A indicação de Levy pode ser considerada uma vitória da visão econômica liberal, capitaneada pelo futuro ministro da Economia do governo Bolsonaro. Assim como Paulo Guedes, Levy, que é engenheiro naval, tem doutorado na Universidade de Chicago, o mais importante centro do pensamento liberal em economia. 

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

1 Comentário
alan correa criação de sites